domingo, dezembro 25, 2011

O que são os ventrículos cerebrais

O cérebro é composto não somente por células de suporte (células da glia) e neurônios, mas por espaços preenchidos por um líquido chamado de líquor ou líquido céfalo-raquidiano (LCR). Este líquido corre por fora, entre as camadas que encobrem o cérebro, o tronco cerebral, o cerebelo e a medula espinhal (as meninges), mas ele é produzido dentro do próprio cérebro, em cavidades chamadas de ventrículos.

Temos ao todo quatro ventrículos, ou seja, dois ventrículos laterais, que são os maiores e mais altos no cérebro, o terceiro ventrículo, que é o intermediário em posição e menor em tamanho, e o quarto ventrículo, localizado na parte mais baixa do encéfalo, no tronco cerebral. Veja abaixo os ventrículos:

http://static.hsw.com.br/gif/brain-ventricles.gif

Os ventrículos, como pode-se ver, são interligados, e o líquido produzido neles sai, principalmente, por aberturas localizadas no quarto ventrículo, chamadas de forames de Luschka e forame de Magendie (forames são aberturas, vias de saída, em estruturas moles como o cérebro, ou duras com os ossos). Dos ventrículos, o líquido flui em pulsos e banha todo o encéfalo (conjunto do cérebro, cerebelo e tronco cerebral) e a medula, e é absorvido na base do cérebro, por pequenas estruturas que se inserem nas veias cerebrais, chamadas de granulações aracnóideas.

Os ventrículos são revestidos por uma membrana cheia de vasos, chamada de epêndima ou membrana ependimária. Esta membrana tem vasos em seu interior, e o líquor é produzido através da passagem de sangue pelo epêndima. O epêndima aparece na figura acima como uma linha vermelha revestindo a parte interna dos ventrículos.

À incapacidade de absorver este líquido produzido, ou ao bloqueio de seu fluxo, ou ainda ao excesso de produção deste líquido, levando ao aumento dos ventrículos e deformação do cérebro ao redor, chama-se hidrocefalia, e será o tema do próximo tópico deste blog.

18 comentários:

  1. Boa tarde Dr. Flávio
    Minha tomografia deu como laudo proeminência dos ventrículos laterais. O que seria isso? Tenho 31 anos e sinto fortes dores de cabeça desde a adolescência. É grave?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom dia, Talita. Esse achado sugere que os espaços cheios de líquido no interior do cérebro estão maiores do que seria esperado. A significância disso e possíveis sintomas só podem ser avaliados em consulta. Sugiro que procure um neurologista.

      Excluir
  2. Estava estudando o encéfalo e em todas as minhas leituras via a existência dos ventrículos, suas posições anatômicas, mas nunca as suas funções específicas. E agora que vi sua importância, parece que meu cérebro estalou e tudo fez sentindo. Obrigada pela explicação!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se ajudei você, então minha função foi cumprida.

      Excluir
  3. Tenho 25 anos e o meu exame tc do crânio, diz o seguinte " sistema ventricular de calibre superior ao esperado para o grupo etário da examinada, sem sinais de transudacao trans-ependimaria, aspectos mais notórios a nível dos ventrículos laterais e do IV ventrículo , e que poderão ser apenas constitucionais ou sequelares neo-natais como hipóteses mais prováveis"

    O que significa?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa noite. Os achados, pelo laudo, mais provavelmente significam que seus espaços preenchidos por líquido dentro do cérebro (os ventrículos) estão maiores do que se esperaria para sua idade, mas sem sinais de pressão aumentada evidente dentro destes espaços. O correto seria procurar um neurologista, e após consulta, realizar um exame mais detalhado para verificar melhor isso.

      Excluir
  4. Bom dia,

    Tenho 41 anos e fiz uma TAC crânio encefálica e diz o seguinte: pequena calcificação nodular na vertente lateral esquerda do IV ventrículo, em provável relação com o plexo coróide e sem significado patológico. Estou preocupada. O que significa? Obrigada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa noite, Sônia. Calcificações na região dos plexos coróides, que são estruturas que auxiliam na produção do líquido cerebral, são comuns, e muitas vezes, como fala o laudo da tomografia, não possuem qualquer significado clínico, ou seja, são achados de exame e não causam nenhum problema. Mas discuta isso com o médico que solicitou o exame.

      Excluir
  5. Bom dia. Eu enviei um comentário, mas ele não apareceu, então suponho que não tenha sido enviado, mas se foi, já peço desculpas. Gostaria de saber a função do líquido cenfálo-radiquiano ( LCR ) que não foi bem esclarecida no texto. Obrigada e ótima explicação a sua.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa noite, Louise. Realmente, procurei o seu comentário e não o achei. Mas cá estamos novamente. O LCR possui algumas funções, como funcionar como um coxim contra traumas cerebrais (cada vez que mexemos a cabeça, o cérebro se mexe junto, e o LCR auxilia a diminuir o impacto de cada mexida mais brusca ou intensa); auxiliar no bom funcionamento celular cerebral, auxiliando na nutrição celular; manter um ambiente químico cerebral adequado; auxiliar na homeostase (equilíbrio químico e biológico) local; auxiliar na transmissão de substâncias para dentro e fora do cérebro; auxiliar na proteção cerebral contra agentes químicos e biológicos, como bactérias e vírus; e outras funções.

      Excluir
  6. Boa tarde, tenho 33 anos e após a realização de uma TAC crânio-encefálica tudo está bem mas surgiu a seguinte frase no relatório:
    "Observa-se uma assimetria das dimensões dos ventrículos laterais com dilatação relativa do corno frontal e corpo do ventrículo lateral direito relativamente ao contralateral, aspectos que podendo ter natureza puramente constitucional, justificam estudo por ressonância magnética para exclusão de possível lesão obstrutiva a nível do buraco de Monro à direita".
    Que lesões poderão ser estas? Que problemas poderei ter no futuro? Obrigado pelo tempo que me possa dispensar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa noite, João. Não é possível falar em problemas futuros, já que o próprio laudo afirma que esse achado pode ser constitucional, ou seja, algo que nasceu com você. A ressonância magnética é necessária nesse casso porque ela visualiza melhor os ventrículos cerebrais, e permite dizer se pode, por um acaso, haver algo obstruindo a passagem de líquido, ou mais comumente, confirmar que não há nada obstruindo e a dilatação é mesmo benigna. Se for constitucional, não há riscos aparentes à sua saúde.

      Excluir
  7. Boa noite. Estou grávida de 22 semanas de uma menina e fiz hoje a USG morfológica do segundo trimestre. Todos os aspectos avaliados estão dentro dos padrões de normalidade, exceto os ventrículos laterais cerebrais que, conforme o laudo,"estão simétricos e discretamente dilatados" (11 mm). Eu e minha família estamos bem preocupados. Há exames complementares que posso fazer para avaliar isto melhor e se há outras alterações? É o caso de, além da obstetra, ter acompanhamento de um neurologista? Agradeço a resposta, pois ainda faltam alguns dias para consulta com a obstetra que me acompanha.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa noite, Martha. Dilatação ventricular deve ser melhor avaliada por um obstetra, e sim, um neuropediatra pode participar dessa avaliação, para esclarecer melhor a natureza dessa dilatação. Mas muitas vezes essas dilatações ventriculares acabam por ser compatíveis com um desenvolvimento completamente normal da criança.

      Excluir
  8. Boa noite, eu gostaria de saber o que acontece quando um ventrículo é menor do que o outro. Eu moro na Itália e fiz uma TAC e acusa que tenho o ventrículo direito menor do que o esquerdo. Mas nunca tive dores de cabeça nem nada. O médico me disse que pode ser pressão na caixa craniana. Gostaria de saber o que exatamente implica o ventrículo menor do que o outro. Obrigada!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa noite, Angelica. Assimetria entre os ventrículos, especialmente quando não há sintomas, pode ser achado completamente normal, especialmente se a diferença entre eles for pequena e não houver mais nenhuma alteração no exame.

      Excluir

Coloque suas perguntas aqui. Mas lembre-se, consultas somente no consultório. Perguntas relativas a sugestões de diagnóstico e tratamento não serão respondidas. Espero que entendam. Obrigado.