segunda-feira, julho 25, 2011

O que são "focos de gliose ou microangiopatia"?

Você já leu isso, ou o seu médico viu esse resultado no seu exame de ressonância? Você perguntou o que é isso ao seu médico? Você sabe o que é isso? Se você respondeu não a duas ou mais das perguntas, você está no lugar certo para saber o que é isso!

Primeiro, vamos a um pouco mais de anatomia. O cérebro é formado grosseiramente por duas partes, as substâncias branca e cinzenta. A cinzenta são os neurônios (Veja aqui), e tem realmente um aspecto mais escuro ao exame. Já a substância branca são os prolongamentos dos neurônios, os axônios e os dendritos, mais as células de suporte, as células da glia ou gliais (Veja aqui). Estes prolongamentos são rodeados por uma substância chamada de mielina, produzida pelos oligodendrócitos. Veja o link acima para mais detalhes.

http://familymedicinehelp.com/wp-content/uploads/2010/08/stroke-300x240.jpg













O cérebro é também composto por vasos sanguíneos, e os vasos vão ficando cada vez menores à medida que vão se aprofundando no cérebro. Os superficiais são maiores, e têm o que chamamos de circulação colateral, ou seja, um vaso faz comunicação com outros. Desse modo, a superfície cerebral têm áreas que são supridas por mais de um vaso, e se um vasinho fechar, outros o ajudarão a não deixar aquela região sofrer. Mas na profundidade do cérebro, a circulação colateral acaba, e os vasos vão ficando mais finos e solitários.


http://familymedicinehelp.com/wp-content/uploads/2010/08/stroke-300x240.jpg

Observe que os vasos mais profundos são menores que os mais superficiais, e também menos relacionados uns com os outros. E esses vasos menores irrigam pequenas partes do tecido cerebral profundo. Logo, entupimento destes vasos podem levar a lesões cerebrais localizadas, pequenas, dependendo de quantos destes vasos são ocluídos.

Mas além de artérias, o cérebro também possui veias, e as veias, diferente das artérias que entram no cérebro (levando sangue cheio de oxigênio), saem do cérebro (levando sangue cheio de gás carbônico para os pulmões e lixo dos tecidos para os rins e fígado). As veias também são grossas e grandes na superfície, e vão ficando cada vez menores na profundidade cerebral (as vênulas). Ao redor das vênulas, podem se formar inflamações por vários motivos (a esclerose múltipla, por exemplo, constitue-se de focos inflamatórios ao redor de vênulas, ou seja, perivenulares).

Muito bem, agora que você entendeu um pouco de seu cérebro, vamos falar de você!

O que são "focos de gliose ou microangiopatia"? Bem, o que ocorre é que algumas minúsculas áreas do seu cérebro sofreram algum tipo de lesão por vários motivos (motivos estes que o seu médico deve pesquisar e dizer). Estas áreas podem ser isoladas (ou seja, em uma porção única qualquer do cérebro), múltiplas ou confluentes (quando várias destas lesões se juntam e forma lesões maiores).

Na maior parte das vezes, estas lesões não são de significância, ou seja, não são importantes. Mas na verdade, é seu médico que deve verificar a importância delas. Em outros casos, estas lesões pode sugerir alguma doença mais séria, como um derrame ou esclerose múltipla. Mas não fique preocupado.

Quais são as causas de "focos de gliose ou microangiopatia"?

1. Idade - Ocasionalmente, pessoas acima dos 40 anos de idade, normais, saudáveis, sem doença alguma, podem apresentar estas lesões, geralmente isoladas ou em pouca quantidade, e não querem dizer mais nada além de "seu cérebro está ficando velho"!
2. Tabagismo (Fumo) - Pela possibilidade de lesão vascular em vários locais, como o cérebro, o tabagismo pode levar a lesões deste tipo, e dependendo da extensão e do número de lesões, isso deve ser investigado.
3. Hipertensão arterial (Pressão alta) - É a causa mais frequente destas lesões, e como o tabagismo, sugere lesão de vários vasos no corpo, entre eles os cerebrais. Na presença de pressão alta, estas lesões devem também ser investigadas.
4. Diabetes - Ocorre aqui o mesmo que ocorre com a pressão alta.
5. Enxaqueca - Pacientes sem outras doenças com enxaqueca podem apresentar estas lesões. Enxaqueca é uma doença vascular do cérebro, ou seja, também acomete os vasos cerebrais, e pode levar a lesões vasculares. Os focos de microangiopatia podem significar acometimento de pequenos vasos cerebrais, mas nestes casos são geralmente poucos e pequenos, e sua presença sem outras doenças como diabetes ou pressão alta não é de significância. No entanto, seu médico deve olhar o exame e decidir o melhor caminho a seguir para você!
6. Esclerose múltipla - Aqui as lesões são diferentes, são múltiplas, confluentes, e têm aspecto específico. Seu médico neurologista saberá diferenciar as lesões insignificantes das causadas por esclerose múltipla.

Em conclusão, estas lesões devem ser avaliadas no contexto geral do paciente, ou seja, idade, sexo, fatores de risco vascular e sintomas/sinais ao exame neurológico. Não é possível tirar conclusões sem ver o paciente, e somente o médico que o acompanha pode dizer algo a respeito destas pequenas lesões cerebrais.

Mas fique tranquilo, pois na maior parte não significam muita coisa. Mas se você quer evitar que estas lesões aumentem ou se espalhem, pratique atividade física orientada pelo seu clínico ou cardiologista, pare de fumar, pare de comer besteiras, tenha alimentação saudável, pare de beber álcool em grande quantidade, emagreça e trate sua pressão, se estiver alta, e seu diabetes, caso você tenha diabetes. Também tome suas medicações conforme seu médico lhe orientou! Observe seu colesterol também!

E tenha uma vida saudável.

21 comentários:

  1. A orientação é clara em linguagem simples e bastante esclarecedora.

    ResponderExcluir
  2. Muitíssimo grata, Dr. Flávio, pelas valiosíssimas informações.

    ResponderExcluir
  3. Muito esclarecedor e facilita a comunicação com o médico que me acompanha.

    ResponderExcluir
  4. Os médicos parecem não dar importância, mas eu creio que tenho mesmo EM pois tenho quebras de força nas pernas como se de repente houvesse um curto circuito no sítio em que sinto a quebra.Na minha RM, foram encontradas múltiplas lesões hiperintensas ( nos dois hemisférios) e hiper sinal em T2 Além disso tenho muito pouca sensibilidade nas plantas dos pés, como se ali houvesse uma matéria estranha, e também recentemente perdi sensibilidade nas estremidades de alguns dedos da mão direita.

    ResponderExcluir
  5. Cara eu tenho atrofia no cerebelo é agora lendo isso acho que a causa foi a enxaqueca que eu tinha muito e parou sozinha mas acredito que foi a causa da ATROFIA CEREBELAR tirou todo meu equilíbrio e coordenação de andar, fumei bastante, bebida só cerveja,e ai alguém me diz se tem como recuperar o que perdi.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sinceramente, acho difíćíĺ a sua enxaqueca ser a causa da atrofia de cerebelo. É melhor você procurar um neurologista para ver isso.

      Excluir
  6. Muuuuuuito obrigada pelas informações!!! Deus te abençoe ainda amais!!!

    ResponderExcluir
  7. Respostas
    1. Não, mas tem como evitar que piore - alimentação correta, tratar hipertensão e diabetes, diminuir colesterol, atividade física e boa noite de sono

      Excluir
  8. tem almento certo pra quem tem gliose

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Alimentos sem sal, açúcar e sem gorduras saturadas, ou seja, alimentação saudável e equilibrada

      Excluir
  9. Muito obrigada Dr Flavio pela explicação dos pequenos e rasos focos de Gliose na substância branca supratentorial na minha ressonancia magnetica..eu fiquei apavorada, meu neurologista não me falou desse jeito que senhor explicou, eu tomo remedio de pressão alta ha mais de 25 anos.obrigada mesmo valeu.

    ResponderExcluir
  10. Stress excessivo provoca a formação de microangiopatia no cérebro? Porque não bebo, não fumo, não tenho diabetes, colesterol e nem triglicérides. Comecei a ter pressão alta de há três anos. Estou com 61 anos, mas as preocupações com diárias me stressam muito. Pergunto : o stress provoca microangiopatia?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pode ser, pois o estresse leva a maior depósito de gordura nos vasos, e tende a aumentar a pressão arterial

      Excluir
  11. Dr. Flávio, tenho 25 anos, não bebo, não fumo, praticava esporte e musculação todos os dias até 2 meses atrás. Faz dois meses que após uma corrida comecei a sentir dormências no lado esquerdo do corpo, principalmente na face, todos os dias. Fiz diversos exames, todos apresentaram resultados normais, com exceção de dois, exame TRANSESOFÁGICO que apresentou uma FORAME OVAL PATENTE, que segundo o cardiologista não tem relação nenhuma e não há necessidade de tratamento e no exame de RESSONÂCIA DO CRÂNCIO, que como conclusão apresentou RARO MÍNIMO FOCO DE SUBSTÂNCIA BRANCA NO LOBO FRONTAL, INDICANDO MIGRANÊA, porém não tenho dores de cabeça. Pergunto ao senhor se isso pode ter alguma relação com as dormências. E, como andei pesquisando, fiquei meio assustado com os resultados. Essa substância branca pode ser algo grave, perda de memória a curto ou longo prazo, demência, ou tem chance de estabilizar no modo que está?
    Desde já muito grato pela atenção.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa noite. Provavelmente não há nenhuma relação. Mas sugiro que você procure um neurologista para acabar com a dúvida.

      Excluir

Comente na minha página do Facebook - Dr Flávio Sekeff Sallem,
Médico Neurologista