sexta-feira, abril 22, 2011

Visão dupla (diplopia)

Diplopia ou visão dupla significa exatamente isso: Você acaba vendo duas coisas quando na verdade só há uma coisa ali. Não, você não está vendo coisas ou ficando lelé. Isso pode ser sinal de alguma doença neurológica.

O olho é uma estrutura complexa. É uma esfera presa à órbita por tecidos moles (gordura e vasos/nervos), pelo nervo óptico que sai do olho e vai direto ao cérebro, e que é o responsável por levar as informações do olho para o cérebro (ou seja, é por meio deste nervo que você enxerga) e pelos músculos extra-oculares, músculos que se parecem em estrutura com os outros músculos do corpo, e que movimentam o olho.

Lá vai uma figura do olho (gosto de mostrar figuras, pois acredito que torna o aprendizado mais fácil):

http://www.miracleintheeye.com/images_miracle_eye/eye_muscle_3.jpg

Note o olho na órbita (cavidade óssea abaixo da fronte), e estas estruturas marrom-avermelhadas saindo lá de trás à esquerda e se inserindo no olho são os músculos extra-oculares.

Há os seguintes pares de músculos (há um de cada lado). As funções de cada um serão citadas brevemente:
1. Reto superior - Eleva o olho
2. Reto inferior - Abaixa o olho
3. Reto medial - Leva o olho para perto do nariz
4. Reto lateral - Leva o olho para longe do nariz
5. Oblíquo superior - Abaixa o olho quando ele está próximo ao nariz
6. Oblíquor inferior - Eleva o olho quando ele está próximo ao nariz

Pois bem, lá vai outra imagem destes pequenos músculos:

http://catalog.nucleusinc.com/imagescooked/28509W.jpg

Essa figura é ainda melhor, por que mostra a função dos músculos.
E o que é diplopia? Diplopia é quando um destes músculos não está funcionando direito, ou está funcionando demais. Vamos explicar de outro jeito:

O olho é uma câmera, como uma máquina fotográfica, mas bem melhor que uma máquina. O olho consegue captar várias coisas, mas para que isso ocorra, os dois olhos têm que estar funcionando do mesmo jeito e na mesma direção. A imagem que entra nos olhos cai na retina para ser levada ao cérebro. Retina é a camada do olho que se comunica com o cérebro, e é composta de células nervosas (neurônios) e nervos. Esta é a retina:



Bem, observe que a retina é grande, se extende por grande distância dentro do olho. Então, para a imagem ficar bonita, nítida, ela tem que cair na mesma posição em cada retina, ou seja, o mesmo local da retina de cada lado tem de ver aquela imagem, senão o cérebro vai entender que são duas imagens diferentes, pois uma cai em um lado da retina, e a outra cai em outro lado. Entendeu? Se isso não ocorrer, ou seja, se os olhos ficarem desviados um do outro, ocorre a diplopia.

Muitas crianças nascem com estrabismo, ou seja, são vesgas. Então, por que elas não apresentam diplopia? Por que o cérebro delas aprendeu a ver daquele jeito, foi treinado daquele jeito, e vê o mundo daquele jeito. Mas se um estrabismo se desenvolve na vida adulta, aí é outra história. É como se algo que nunca foi mexido, e sempre foi daquele jeito, de repente sofre uma reviravolta. Claro que tudo será diferente dali em diante.

E quais são as causas de diplopia? São preocupantes?

Bem, podemos citar:
1. Uso de medicações - Remédios para dormir, para alergia, para crises convulsivas, quando usados pela primeira vez ou em doses altas podem causar visão dupla. Mas se você tiver esse sintoma, procure um médico antes de dizer que a culpa é a medicação!
2. Derrames - São a causa mais perigosa de diplopia, e devem ser procurados quando a visão dupla vem com mais alguma coisa, como alterações da fala, fraqueza ou perda de sensibilidade, ou mesmo quando só há a visão dupla mesmo e mais nada.
3. Intoxicações - Algumas substâncias podem causar visão dupla, como arsênico. Infecções como o botulismo podem causar visão dupla. Veneno de cobra coral e cascavel também.
4. Doenças musculares  - A miastenia gravis, da qual falaremos um pouco em tópicos à frente, pode causar visão dupla.
5. Doenças does nervos (neuropatias) - Também podem causar, como a polirradiculoneuropatia aguda (da qual já falamos) ou crônica.
6. Esclerose múltipla - Falaremos desta doença mais tarde também, mas é causa de visão dupla também.
7. Outras doenças mais raras.

Ou seja, teve visão dupla, vá imediatamente a um médico!

7 comentários:

  1. Meu pai está com visão dupla decorrente de um derrame que teve. Foi um derrame muito leve e imperceptível. Não sabemos quando o derrame ocorreu. Só houve esse diagnóstico após ter a pálpebra caída e a visão dupla, que acarretou inúmeros exames onde, inclusive, realizou cateterismo no cérebro. Fez cirurgia plástica para correção da pálpebra, mas a visão dupla lateral permanece o que o incomoda muito. O senhor trata desse problema? Ou o senhor indica algum especialista? Ele tem convênio, mas pelo que verifiquei no blog o senhor atende particular, correto? Como trata-se de uma pessoa de idade avançada gostaria de saber se há possibilidade de cura ou melhora considerável...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cátia, o melhor especialista para ver seu pai é um neuro-oftalmologista, um oftalmologista especialista em problemas neurológicos da visão, como visão dupla. E talvez haja necessidade de fisioterapia ocular, o que se pode conseguir com alguns especialistas em São Paulo.

      Excluir
  2. ola meu pai esta com um problema semelhante precisava de um neuro oftalmo aqui em sp me indica algum meu e mail e matheusags@yahoo.com.br aguardo resposta desde ja grato!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa noite. Um bom neuro-oftalmologista é o Dr Mário Monteiro - https://pt.foursquare.com/v/clinica-dr-m%C3%A1rio-luiz-ribeiro-monteiro/506cec03e4b04c311cba6027

      Excluir
  3. Meu neurologista não descobriu a causa da minha visão dupla,meses e meses de exames e não tive um diagnóstico. É muito complicado, eu enxergava normal e comecei a ter visão dupla há um ano,já depois de adulta. Me sinto frustrada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa noite tatyane, eu sei bem como se sente, passei por isso a um ano atrás tive uma paresia no sexto nervo do meu olho direito onde fiquei com diplopia fiz milhares de exames passei por vários especialistas e ninguém descobria a causa da visão dupla, usei tampão por 3 meses e minha visão voltou ao normal, você está fazendo algum tipo de tratamento? Já tentou passar com especialista em estrabismo? Talvez uma cirurgia de estrabismo resolva, o meu caso eu iria fazer mais meu olho voltou ao normal sozinho.

      Excluir
  4. Tatiana eu sei como se sente eu também passei por isso a um ano atrás eu tive uma paresia do sexto nervo em meu olho direito onde fiquei com diplopia passei por vários exames para descobrir a causa, e até hoje não descobri, usei tampão por 3 meses e meu olho voltou ao normal hoje enxergo normal novamente vc tá fazendo algum tipo de tratamento?

    ResponderExcluir

Coloque suas perguntas aqui. Mas lembre-se, consultas somente no consultório. Perguntas relativas a sugestões de diagnóstico e tratamento não serão respondidas. Espero que entendam. Obrigado.